quinta-feira, 10 de março de 2011

Quanto ao pano dos confetes...

..já passou meu carnaval!
Eu disse "vai ser do jeito que der certo". Mas primeiro eu tinha que me render, tentar não pensar no risco ou no sacrifício. Minha impulsividade me abandonou quando eu tentei medir qualquer pensamento bobo com a minha música perfeita. São coisas assim nesses dias depois do carnaval.
Sobre as purpurinas e os confetes, foi tudo muito bom.


Pelo sim, pelo não, tem algo platonicamente platônico pulsando. E eu não quero ser dona disso. Entendeu ai?




8 comentários:

  1. Depois do carnaval a realidade volta. O ano começa, o dinheiro aperta, vem os chocolates e a páscoa... Mas coisas platonicamente platônicas...?

    ResponderExcluir
  2. Eu diria que seu texto me lembra uma pessoa querida, ou melhor, até parece que foi escrito por ela rsrs.

    No mais estou indo embora!

    ResponderExcluir
  3. " Minha impulsividade me abandonou quando eu tentei medir qualquer pensamento bobo com a minha música perfeita "

    Somos 2



    Platônicamente Platônico ? Deixe pulsar...

    ResponderExcluir
  4. Tem algo platônicamente platônico pulsando daqui tb e eu nem quero nada disso u.u

    Quero tu e o frido já nesse blog! xD

    ;*

    ResponderExcluir
  5. "Quero tu e o frido já nesse blog! xD"

    Eu tbm queria... mas a Thaíla nao quer mais...

    ResponderExcluir
  6. Para com isso Frido. Eu te quero sempre =p

    ResponderExcluir

♫ adocica meu amor, adocica...adocica meu amor a minha vida. =)